Contabilidade: uma ciência social aplicada

Contabilidade: uma ciência social aplicada

Contas, planilhas, sistemas e guias. A princípio, a contabilidade parece pertencer às ciências exatas, uma vez que lida o tempo todo com números. Porém, que tipo de informação esses números trariam se fossem tratados de forma aleatória e isolada? A gente concorda com a máxima “para todo débito deve haver um crédito”. Está tudo certo com ela. Mas essa dança numérica carrega algo muito mais amplo e profundo consigo. A verdade é que os números pelos quais a contabilidade se interessa sempre estarão ligados às ações humanas dentro do contexto social, cotidiano e corporativo. Por isso, ela não é uma ciência exata e sim uma ciência social aplicada. 

Como saber o que constitui a contabilidade uma ciência social? Por que ela se confunde entre as ciências exatas? Quais áreas do conhecimento estão envolvidas no exercício da contabilidade, afinal? Respondemos essas e outras perguntas no detalhamento de alguns aspectos desta ciência neste artigo. Espia só o que trouxemos pra ti!

Uma ciência onde patrimônio é coisa de gente

A contabilidade estuda e controla o patrimônio de todo e qualquer tipo de empresa. Esse acompanhamento demanda contas qualificadas e leituras cuidadosas dos dados e dos fatos. Trata-se de uma ciência que verifica a ação do ser humano sobre o patrimônio e isso, por si só, não é exato. Há diferentes visões, diversos critérios para tomadas de decisões e estratégias distintas aliadas à gestão de um negócio. Por isso, a contabilidade não só registra e controla as ações humanas no contexto empresarial, mas também questiona cada uma delas e os seus impactos na sociedade. Onde tem patrimônio, tem ser humano. E onde tem ser humano, tem questões sociais que não podem ser ignoradas pela contabilidade de uma empresa. 

Uma ciência onde os números não são tudo, mas são uma poderosa ferramenta

A contabilidade é uma ciência social que usa (e muito!) os números. Eles são uma ferramenta muito importante, pois promovem leituras contextuais imprescindíveis. Este é o principal fator que nos leva a pensar que ela é uma ciência exata. Entretanto, por mais que os cálculos feitos com tais números possam ser realizados por sistemas e máquinas, é o olhar atento e cuidadoso da contabilidade que extrai deles informações relevantes ou até mesmo detecta falhas. Esse é o grande pulo do gato: em uma ciência social aplicada, números são registros que evidenciam fenômenos e suas causas dentro do contexto avaliado. Há muito por trás dos números em toda e qualquer instituição e é a contabilidade, por meio do seu olhar humano e contextual, que torna possível distinguir os elementos qualitativos e quantitativos que eles carregam. 

Uma ciência a favor da sociedade

A contabilidade é uma ciência social pois está a favor da sociedade. Ela reage aos problemas sociais e visa atender às necessidades de todos os grupos envolvidos e impactados por uma empresa. Uma boa contabilidade prioriza a relação entre estes grupos e se movimenta em nome da prosperidade de todos. Tanto no contexto público como no contexto privado, ela presta contas e promove a transparência abastecendo tais grupos com informações de confiança. É por meio dela que os stakeholders (clientes, colaboradores, acionistas, a própria comunidade,  etc.), podem consultar informações sobre distribuição de renda, pagamento de impostos, status do quadro social, situações de endividamento, garantias de crédito e recebimentos, entre outras.

Uma ciência interdisciplinar

Mesmo sendo uma das mais antigas ciências sociais, a contabilidade tem teor interdisciplinar. É esta interdisciplinaridade que promove o diálogo necessário entre contextos diversos e que diminui as barreiras entre eles. Ela faz uso da matemática e lida com cálculos, mas também lança mão de recursos disponibilizados por outras áreas do conhecimento como a administração de empresas, o direito e a economia. A contabilidade analisa movimentações financeiras, o próprio cenário econômico e se informa dos trâmites jurídicos formais para fornecer informações detalhadas e estratégicas para tomadas de decisões empresariais, cotidianas e sociais.

A ciência onde mora a nossa paixão

Todos estes aspectos da contabilidade como ciência social é o que a torna ainda mais apaixonante pra gente. É uma ciência sensível ao contexto, centrada no ser humano e no bem comum. Quando tratamos empresas como sonhos, sabemos o tamanho do seu impacto na sociedade. Quando orientamos os nossos clientes esclarecemos o quanto é grande a ação da sociedade em seus negócios e os preparamos para lidar com isso. Oferecer uma contabilidade de qualidade passa por compreender a dança por trás dos cálculos cotidianos, é compreender que eles carregam informações muito mais profundas do que parece num primeiro momento. Fazer contabilidade é olhar pro humano e isso precisa ser feito com cuidado. É exatamente isso que nos move!
Gostou de saber um pouco mais sobre a contabilidade e suas particularidades como uma ciência social? Tem alguma dúvida ou quer saber mais sobre isso? Mande uma mensagem pra gente! O nosso time ama trazer informações de qualidade pra ti e pro teu negócio.

Baixe nosso eBook

Você também pode se interessar

Interessado? Assine nssa Newsletter