As principais lições aprendidas na Convexa em seus primeiros 5 anos de vida

As principais lições aprendidas na Convexa em seus primeiros 5 anos de vida

Empreender é se arriscar. A gente sabe disso pois já quebrou a cara, caiu, levantou, se reergueu e cresceu. Na verdade, para ter uma empresa é preciso disposição pra isso. Empreender é compreender que todos os dias os desafios se renovam e as oportunidades também. Não tem monotonia! A gente sabe que as borboletas no estômago fazem parte e aprendemos a lidar com elas e com obstáculos que vez ou outra aparecem. 

Quando a gente abriu as portas, sabíamos que queríamos ser diferentes. A gente já nasceu com o intuito de apresentar ao mercado um conceito disruptivo de contabilidade e isso clareou muita coisa na construção do nosso modelo de negócios. Entretanto, algumas lições fomos aprendendo ao longo da jornada. A gente já sabia a importância de desenhar bem os nossos passos e de construir uma identidade forte como contabilidade digital, mas vimos também o quanto que “é caminhando que se faz o caminho” (alô Titãs!). 

Fizemos 5 anos de Convexa em 2021 e reunimos aqui as lições sobre empreendedorismo que aprendemos ao longo destes primeiros anos de vida. Trouxemos o que pudemos perceber como os passos mais relevantes que nos constituem como somos hoje e queremos compartilhar isso tudo contigo. Espia só o que os perrengues nos ensinaram!

  1. Ninguém faz nada sozinho

A gente descobriu isso muito cedo. A Convexa iniciou apenas com o Pedro em ação e ao longo do caminho percebeu que era importante não depender de uma pessoa só. É claro que em muitos casos as empresas começam assim, mas é muito importante saber a hora certa de começar a formar uma equipe e não deixar isso apenas pra quando a demanda aumentar demais. A gente passou por alguns sufocos por esperar demais pra selecionar. Hoje somos uma equipe mais sólida e bem estruturada, mas no passado pagamos o pato por não nos planejar em relação às contratações. Algo que temos orgulho em dizer é que, após alguns tropeços, estamos formando uma equipe que além de talentosa, tem um coração muito generoso e topa sonhar junto! Por isso, se tem algo que podemos te dizer com propriedade é: contrate no tempo certo e não economize tempo e esforços numa boa seleção de pessoas. Busque entender se elas estão alinhadas ao teu DNA. Isso faz toda a diferença!

  1. É preciso não ter medo de vender

De nada adianta ter uma boa empresa se tu não consegue explicar isso pro mercado. No início nos posicionamos como Contabilidade Digital Online e era muito difícil explicar o que éramos aos nossos clientes. Muitos achavam que era uma coisa rigidamente informatizada e que o modelo de negócios não contemplava pessoas interagindo no atendimento e na execução das tarefas. O Pedro precisou desenvolver um discurso consistente pra posicionar a Convexa como ela é. Foi necessário olhar pra forma de se comunicar e encontrar as palavras que pudessem tangibilizar o tamanho da entrega ofertada e o quão disruptivo era esse viés de contabilidade que aliava humanidade ao universo digital. Com o passar do tempo, começamos a ver que a Convexa tinha uma boa entrada de clientes por indicação, mas precisávamos de uma estratégia de vendas e marketing mais ativas também. Entendemos que precisávamos ter um bom site, mecanismos de anúncio e otimização de buscas na web, e pra isso, foi necessário uma boa dose de estudos pra conhecer sobre isso e não ficarmos limitados apenas nas indicações. Novas portas de entrada se configuraram e hoje as formas de se chegar até a Convexa foram ampliadas. Portanto “empacote” bem seu produto/serviço, busque os melhores meios de divulga-lo, tenha um discurso que seja compreensível pelo teu cliente e não tenha medo de vender! Isso é parte fundamental do empreender.

  1. Planejar encurta caminhos

É muito importante colocar a mão na massa, mas antes é importante planejar com cuidado, montar cenários, pensar possibilidades e revisar tudo periodicamente. A gente começou com muita dedicação à execução do trabalho. Sempre foi uma característica do Pedro agir pra fazer acontecer. Mas, embora existisse um planejamento mínimo pro nosso início, uma boa estrutura financeira e tributária construída e uma estratégia básica desenhada por trás do negócio, nos atrasamos um pouco em relação ao nosso planejamento operacional. Crescemos muito rápido e não tínhamos uma equipe que tornasse o trabalho sustentável. Os próprios sócios cuidavam de tudo e se sobrecarregavam muito. Com o planejamento operacional, muitas noites mal dormidas poderiam ter sido evitadas. Por isso, afirmamos com conhecimento de causa: os planejamentos estratégico, financeiro, tributário e operacional são fundamentais pra empresa encurtar caminhos e caminhar segura neles. Apanhamos um pouco até ver isso na prática, mas hoje colhemos os frutos dessa compreensão e da correção de rota que, por causa dela, fizemos por aqui. Não perdemos mais de vista nosso planejamento e o revisamos com mais frequência agora.

  1. Desenvolver-se pessoal e profissionalmente não é balela

Começamos a Convexa achando que o que a gente tinha de bagagem técnica, teórica e de vida era o suficiente, afinal dois dos sócios são administradores de empresas (sabe de nada inocente! 😂). 

Porém, os desafios diários foram nos mostrando que não era bem assim. Um belo dia paramos e concluímos: “Opa! Precisamos nos desenvolver pessoal e profissionalmente um pouquinho mais!”. Descobrimos que não adianta a empresa crescer e os sócios não se desenvolverem junto com ela. São muitos os desafios que aparecem e que, se não tivermos maturidade emocional para lidar, desistimos! Além disso, é imprescindível buscar continuamente conhecimento de mercado, entender de economia e as suas flutuações, redobrar atenção com o cenário político do país, entre outras questões tão importantes quanto estas. Então, aprendemos a com algumas lágrimas em momentos de decisões difíceis e perrengues, que não basta cuidar da empresa, temos que cuidar da gente também. Do nosso autoconhecimento e inteligência emocional e também e do nosso conhecimento técnico, que são as bases para que possamos tomar boas e assertivas decisões.

Haja coração! Os primeiros 5 anos por aqui não foram brincadeira. A gente aprendeu muita coisa e temos um baita orgulho do que foi construído. Todas estas lições, que vieram depois de muitos perrengues superados, nos impulsionaram a buscar pelo melhor que podemos ser todos os dias. Lembrar de tudo o que passamos só nos fortalece mais na jornada e nos capacita a incentivar empreendedores que sonham como a gente a irem o mais longe que puderem ir também. 

Quer conhecer a gente melhor? Ouvir mais sobre os nossos perrengues e aprendizados? Mande uma mensagem e agende uma visita! Vem tomar um cafezinho com a gente, vem?! ☕💛

Baixe nosso eBook

Você também pode se interessar

Interessado? Assine nssa Newsletter